Se liga 16! Meu primeiro voto!

*Por Nicholas Manhães:

O Partido dos Trabalhadores, fundado em 1980, ainda durante o período ditatorial cívico-militar brasileiro, disputou sua primeira eleição presidencial em 1989, chegando ao segundo turno e disputando contra Fernando Collor de Mello, o famoso Caçador de Marajás, político que se apoiava em uma pseudo ordem social, e que tinha a moralidade e o suposto combate a corrupção como pontos centrais de sua campanha. Lula e o PT realizaram naquele momento uma das campanhas mais bonitas e aguerridas de sua história, impulsionada pelo histórico jingle “Lula Lá”, composto pelo genial compositor Hilton Acioli, e que foi responsável por conquistar corações e mentes, em especial os da juventude brasileira, que protagonizou a campanha e trouxe um gás nunca antes visto em campanhas eleitorais no país. Era o começo de um novo momento na história brasileira, onde os trabalhadores e a juventude de todos os cantos do Brasil identificaram no PT seu maior instrumento de luta e em Lula sua maior liderança política.

Hoje, 33 anos depois, o Brasil se vê enfrentando um dos momentos mais difíceis de sua trajetória desde o Regime Militar. Tempos de autoritarismo, negacionismo, hiper concentração de renda, ancorados em um pseudo combate à corrupção e criminalização da atividade política. Lula, após ser preso e escrachado pela opinião pública, manipulada pelo monopólio dos meios de comunicação e pela elite econômica brasileira, retorna a seu lugar histórico como maior líder político brasileiro e volta a representar a esperança do povo em dias melhores, repletos de distribuição de renda e justiça social. Devemos ter a campanha de 89 como guia para podermos mais uma vez conquistar os mais diversos corações e, para isso, precisamos mobilizar nossa juventude, que tanto foi atingida pela política perversa de Jair Bolsonaro, com cortes severos na educação, desmonte das universidades públicas, intervenção ideológica no ENEM, que acarretou na mais baixa participação da juventude brasileira desde que foi criado. A juventude precisa voltar a ser protagonista, participar da política, e ajudar a pensar os rumos do Estado, fazendo parte das decisões políticas.

Por isso, o Partido dos Trabalhadores lança a campanha “Meu Primeiro Voto”, convidando sua juventude organizada e seus militantes de todas as idades a mobilizar os jovens brasileiros que já completaram 16 anos a tirarem seu título de eleitor, para que possam participar ativamente dos debates políticos, conhecer os programas dos candidatos aos mais diversos cargos da república, e elegerem deputados, senadores, governadores e presidente da República. Mais do que isso, se filiarem, se engajarem, participarem do movimento de esperançar o povo brasileiro, representado na pré-candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência do país.

Em momentos de autoritarismo e negacionismo, preguemos esperança, ciência e liberdade, em momentos de criminalização da política, lutemos por mais participação da sociedade e dos jovens nos rumos e destinos da nação. Tomemos 89 como exemplo, e vamos às ruas lutar por democracia e por Lula Presidente.

Se liga, 16! O prazo para tirar o título de eleitor e poder participar das eleições de outubro é 04/05/2022. Acesse o site do tse (tse.jus.br) e tire seu documento, para mais tarde podermos tirar Bolsonaro juntos e recolocarmos aquele que governa por nós! Como diz o jingle, “Lula lá, com toda certeza, pra você meu primeiro voto, pra fazer brilhar nossa estrela!”

*Nicholas Manhães, Secretário da Juventude do PT de Campos dos Goytacazes.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s