Às queridas defensoras de direitos da mulheres

Por Leila Regina e Letícia Florêncio:

Neste 08 de Março de 2022, quero refletir com vocês sobre a defesa da vida das mulheres, a defesa da nossa vida. Temos vívido um cenário assustador no que diz respeito ao direito à vida, com qualidade e com segurança. O Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou em Junho/2021, que em 2020 (ano da pandemia),  17 milhões de mulheres (24,4%), acima de 16 anos, sofreram violência física, psicológica ou sexual no Brasil.

O TJ-RJ fez um levantamento dos últimos anos sobre feminicidio, e já identificou 11 casos, em 2022, no RJ. E se continuarmos nossas pesquisas, vamos amargar muitos outros tristes resultados sobre mortes de mulheres, todos os dias, apenas por ser mulher. Resultado da misoginia arcaica e hereditária, construída no berço da história da humanidade.

Mas, a Resistência é feminina! A Rebeldia é feminina! A inquietação é feminina! A Sororidade é feminina! E como não poderia deixar de ser, é o Feminino que encontra formas de se proteger e proteger outros corpos também femininos. De resistência em resistência, de rebeldia em rebeldia, as mulheres foram construindo instrumentos para romper as amarras, romper o silêncio, de promoção da liberdade e de enfrentamento ao machismo estrutural.

Muitas mulheres doaram seu tempo, sua vida em prol de construir um mundo mais justo para outras mulheres. Milhares dessas, pagaram com a própria vida, mas, deixaram o legado, os instrumentos e a inspiração.

Hoje, nesse tempo sombrio de retirada de Direitos e impulsionamento cotidiano do ódio e da misoginia, nunca foi tão importante e urgente se somar, apoiar,  fortalecer as mulheres que lutam pelas vidas de outras mulheres, que se colocam nos fronts, que são perseguidas e desacreditadas, mas que mobilizam,  que fazem caminhadas e passeatas, que fazem leis, que discutem, debatem o tema de gênero, que acreditam e fomentam uma vida melhor para as mulheres.

Que protegem e também precisam de proteção!

À essas, minhas semelhantes, todo o meu apoio, minha solidariedade e meu muito obrigada!

Feliz Dia de Luta, companheiras!!!

*Leila Regina e Letícia Florêncio são do PTRJ. (foto PT)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s