Rio resistente

Poema de Yasmim Castro:

Roubos, mortes, corrupção.

Política frustrada

Fascista, quebrada.

Jovens pobres, de baixa renda.

Moradores de becos, comunidades.

Vielas e favelas.

Ações promoções e incentivos

Para tomada de iniciativas 

São jogados ao leu.

Realidade alienada

Presa ao conformismo

De ter do conhecimento, o mínimo.

Sem vontade ou condição de entrar mais afundo

E lutar para conquistar na sociedade,

Uma válida posição.

Nós precisamos entender que temos 

Em nossas mãos, mente e voz.

Um grande poder.

Mudar a realidade em que vivemos não é impossível 

Porém, se torna ainda mais difícil. 

Quando não colocamos isso em nós, como objetivo!

O Estado do Rio de Janeiro não é baseado somente em sua capital,

Existem diversas cidades tão ricas e lindas

Quanto as que são postas em destaque,

Mas que pelos “maiorais” são vistas como algo 

Sem importância e banal.

Vida, cultura e arte.

São coisas que os outros governos menosprezam,

Em sua maior parte.

Nossa obrigação como resistência

É fazer justamente o que o próprio nome já diz,

Resistir!

Resistir e se impor.

Impor nossas ideias e ideologias

E assim fazer com que nossa voz seja ouvida!

Yasmim Castro é integrante da Juventude da Resistência Socialista do RJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s