Ciro, “Ftono” e a raiva de Lula

Por Francis Ivanovich:

Se você pesquisar quem foi Ftono ou Phthónos, em grego Φθόνος, vai descobrir que ele é o Deus dos ciúmes e da inveja, na Mitologia Grega. Será que Ciro personifica essa mitológica divindidade? Os constantes ataques a Lula, muitos deles bem violentos, não signigficam apenas uma estratégia política para as próximas eleições, como avaliou para a Revista Veja, o cientista político Leandro Consentino, que também é professor do Insper.

Disse o professor à Veja: “A estratégia faz sentido dentro do duplo desafio que Ciro tem para se viabilizar como alternativa à polarização entre Lula e Jair Bolsonaro… Ao mesmo tempo, quer conquistar espaço entre o eleitorado anti-petista que não está muito entusiasmado com Bolsonaro. Ele precisa, de fato, se vender como antídoto a essa polarização e, para isso, bater em ambos com a mesma força”.

A análise tem lógica política?

Sim, tem, mas nela há também um equívoco. Ciro não bate em Bolsonaro com a mesma intensidade que bate em Lula. Basta você fazer uma busca e encontrará a diferença nas declarações de Ciro, cujo alvo principal é Lula, algumas delas bem agressivas. No Youtube, para o portal UOL, Ciro afirma, por exemplo, que tudo apodrece onde Lula bota a mão, e etc.

O que está por trás de tamanha agressividade por parte de Ciro?

A Psicologia pode explicar? Como ex-estudante de Psiciologia, encontro uma palavra que pode dar pistas do que ocorre: frustração?

“A frustração é um sentimento associado a uma sensação de impotência e de desânimo, que ocorre quando algo que era esperado falha ou não acontece. Desde cedo, é-nos incutida a ideia de que se dermos o nosso melhor, se fizermos as coisas bem-feitas, então tudo correrá bem e teremos a recompensa do nosso esforço”.

Deve ser bem difícil para Ciro ver que não consegue o que deseja tanto. E deve ser bem difícil também ver o tamanho de Lula. Lá no fundo, Ciro não consegue entender a popularidade, o amor que Lula desperta em grande parte do povo brasileiro. Ciro sofre por saber que jamais conseguirá o que Lula atingiu. Será isto?

Recordo imediatamente de uma frase do Poeta Fernando Pessoa no poema Tabacaria:

“O mundo é para quem nasce para o conquistar, e não para quem sonha que pode conquistá-lo, ainda que tenha razão”.

Ciro sonha que pode conquistar, pode até ter razão, mas não nasceu para ser presidente do Brasil.

Lamento o desperício de energia e inteligência de Ciro, ele poderia ser muito útil ao país, mas de outra forma. No entanto, sua obssessão por ser presidente o impede de encarar a realidade do seu destino.

Ciro não é um político medíocre, tem tudo para ajudar o Brasil, mas infelizmente, mais uma vez, vai contra a História, assim como agiu em 2018, repetindo equívocos.

Não concorso com seus ataques violentos e deselegantes contra Lula. Creio sinceramente que Lula merece muito respeito. Luiz Inácio é um homem com defeitos e qualidades, como qualquer um de nós, mas é inegável o seu papel na História, ser um dos mais importantes e autênticos líderes do Brasil e da América Latina. E Lula sequer sonhou com isto.

Ciro sofre, dái toda sua raiva.

Que eu esteja errado sobre os sentimentos de Ciro, que ele não se identifieque com Ftono, o Deus dos cúmes e inveja, caso contrário, será uma triste perda de tempo e capacidade. Uma luta em vão contra o seu futuro.

Francis Ivanovich é Jornalista e cineasta.

(foto de Ricardo Stuckert)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s