Um Brasil melhor para todos, uma realidade necessária

Por Victor Hugo Marcondes:

O Brasil ao mesmo tempo que constitui uma sociedade complexa e não simples, desde que pelo menos foi promulgada a Constituição federal de 1988 em uma assembleia nacional constituinte, se encontra atualmente em um dos seus maiores dilemas de sua história conturbada institucionalmente: como compatibilizar desenvolvimento econômico, inclusão social, combate à inflação e proteção ao meio ambiente tendo como cenário um sistema capitalista que está no mundo todo em fase terminal? 

Pois bem, no último decênio tivemos um capitalismo de estado e precisaremos expor alguns itens necessários a esse esclarecimento. 

# Política séria: a reforma política ainda constitui a mãe de todas as reformas até mesmo a frente da reforma tributária pois não adianta redefinir algumas competências tributárias se não melhorarmos o exercício da própria política, com uma boa oxigenação de suas práticas e uma certa alteração de suas regras do jogo afinal de contas quem decide para onde vai os recursos orçamentários pagos com nossos impostos, taxas e contribuições prioritariamente são os políticos e os administradores públicos! 

# Políticos sérios: precisamos melhorar o combate à corrupção política por isso minha proposta do moraliza já que iria combater na raiz os problemas de desvio de dinheiro público e qual é essa raiz? Os próprios partidos políticos que colocam muitas das vezes políticos com processos pendentes na justiça concorrendo a cargos públicos eletivos e isso ao lado da necessidade primorosa de trazer a experiencia das empresas que ficam proibidas de licitar com o poder público caso envolvidas em esquemas espúrios, a necessidade de suspender temporariamente pelo menos até a devida Absolvição ou condenação na justiça, a possibilidade de concorrer ao cargo almejado!

# Mais leis que beneficiem ao povo: precisamos de leis que melhorem a obtenção da casa própria a créditos subsidiados de acordo com a lei de responsabilidade fiscal até porque ter um patrimônio é a melhor forma de atacar a questão da distribuição de riqueza na sociedade em contraponto a distribuição de renda que é temporário e seria somente para emergências sociais,  leis que favoreçam e rearticulem os programas de alimentação básica ao cidadão mais necessitado com incentivos financeiros como desconto fiscal ou isenção na taxa de contribuição aos restaurantes ou aos supermercados que deem alimentação em boa conservação a quem precisar do estado, mas sobretudo leis que incentivem a participação das próprias pastorais sociais e suas experiências de solidariedade e saber pastoral na formulação de políticas públicas básicas para as crianças de 0 a 6 anos, que envolvam combater na raiz o problema da evasão escolar e da fome que leva a muitos se envolverem com a criminalidade! 

# Mais oportunidades de estudo: temos que criar o programa direito na escola, o ensino jurídico, o EJA PRISIONAL, enfim programas que a partir de uma perspectiva social pois educação é um direito social, combater na raiz a questão da falta de oportunidades econômicas para os mais pobres ascenderem! 

# mais oportunidades de trabalho: precisamos gerar mais empregos pois é a única forma de tornar perene as conquistas sociais e econômicas e para isso investir em infraestrutura é fundamental, incentivando mais adoções de contribuição de melhoria na gestão pública com limitação total e individual e mais obras púbicas, por meio do programa Modernização presente! 

# melhor distribuição de renda: todos nós vamos melhorar a obtenção de renda quando melhorarmos o financiamento de saúde e equação, focando em redefinir competências tributárias, melhorando a renda literária e aquecendo a cultura que gera emprego e renda com o viaja Brasil! 

# real diminuição da inflação: credibilidade e confiança é a palavra chave para voltamos a combater a inflação que corrói o poder de compra da população! 

# melhora no sistema de saúde: por mais hospitais da criança, pelo programa saúde popular que rearticule as conferências municipais, estaduais e federais de saúde com a volta também dos conselhos populares que incentivem a participação social do povo e o devido controle social dos recursos que vão para saúde!

Pois bem, Precisamos reativar melhores programas sociais que elevem as pessoas para uma vida melhor, mais justa e socialmente adequada! 

Para isso, reprogramar saúde e educação, melhorar seu financiamento e redefinir alguns investimentos e competências tributárias, será essencial para melhorarmos a obtenção de emprego e uma melhor infraestrutura social, urbana e logística para a sociedade brasileira! 

Victor Hugo Marcondes cursouCiências Políticas, é Líder da Pastoral, Direito, Pós-Consumidor, Téc: ADM, Min.da palavra e padrinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s