“Obrigado, Presidente!”

Por Francis Ivanovich:

Foi nos anos 1990 que vi Ratinho pela primeira vez na TV. Ele apresentava um programa policial, e de vez em quando batia na mesa com um cacetete. Comentei com amigos na ocasião, que esse apresentador iria longe na TV brasileira.

Passados 30 anos, desde que o vi, ele alcançou um espaço importante junto ao público popular e é, de certa maneira, um grande “ator”. Esse jeitão popular, que diz que toma vinho bom em copo de geleia de mocotó, bebe cachacinha, comprova que Ratinho encarna perfeitamente a linha de apresentadores de TV que sabem criar sintonia com o povo, como o eterno Chacrinha e o vendedor Sílvio Santos, cada um na sua especialidade.

A entrevista de Lula no Ratinho revela muito dos bastidores da política brasileira. Muito do bate-boca entre apoiadores de Bolsonaro, Ciro e Lula nas ruas, as vezes terminando em violência, jamais deveria ocorrer. É uma perda de tempo, ignorância mesmo. O encontro de Lula com Ratinho demonstra que o diálogo dos contrários, da diferença profunda, sempre é possível. O combustível da democracia é o diálogo. O tanque de Bolsonaro sempre está vazio.

Lula, de tanque sempre cheio, mais uma vez provou o líder popular que é, indiscutivelmente. Lula é autêntico, fala no que acredita, e sabe como poucos se comunicar com o povo, assim como Ratinho. Classificou Bolsonaro como “ignorantão”, simplesmente perfeito. Bolsonaro é realmente alguém muito despreparado para a vida social e política.

Ao final da entrevista, Ratinho comete o suposto ato falho de se despedir de Lula o chamando de “presidente”. Não foi ato falho, Ratinho sabe à mesa do programa estava o novo presidente do Brasil em 2023. Outra palavra que Ratinho utilizou durante a entrevista foi “encanta”, ao referir-se ao encantamento que Lula provoca aos que o conhecem bem.

Passadas as entrevista ao Jornal Nacional, do péssimo debate na Band e agora com Ratinho, os eleitores têm a clareza das diferenças abissais entre Lula e o outro candidato. Lula é uma transição mais que necessária para o Brasil, é o recomeço, a reconstrução da terra arrasada e o fortalecimento da democracia.

Vamos ao voto útil! Eleger Lula no primeiro turno e torcer para que daqui a 4 anos, Lula possa também ouvir do povo brasileiro o que ouviu de Ratinho: Obrigado, presidente!

Francis Ivanovich é jornalista e cineasta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s