É hora do Chega!

Por Francis Ivanovich:

Hoje é o dia do chega!

Não do “chega mais”, o que aproxima, acolhe, mas o dia que afasta, expulsa, bota pra correr, recoloca no devido lugar!

Ainda reflito sobre o último “combate”, digo “debate da Globo”, ficou explícito o nosso atraso profundo político. Lula teve de aturar e atuar peça teatral de quinta categoria. Não é mais possível aguentarmos personagens tão bizarros.

O atual desgoverno representa um país atrasado, superado, de pessoas muito despreparadas, aprisionadas num passado mofado, escravagista e ditatorial. Uma gente com um discurso tão pobre, infantil, que chega a ser constrangedor. Eita gente retrógada, ignorante, sem caráter!

Por outro lado, vemos um Brasil que ressurge, representado pelas mulheres brasileiras, elas que estão dizendo CHEGA para este desgoverno desumano. As mulheres pobres, violentadas, agredidas, que sentem na pele a violência contra seus corpos e seus filhos; mulheres que são a base de sustentação de muitas famílias, com a coragem de dar um ponto final nesta tragédia. Os tecnocratas de gabinete imaginaram que a farsa do suposto “Auxílio Brasil” iria comprar suas consciências. Não!

Um Brasil que se dividiu sim, mas que também se uniu nas diferenças, que se decidiu pela Democracia representada inequivocamente por Lula. Que triste papel representou o ressentido Ciro Gomes, este que enterrou de vez sua história pessoal. Patético papel de paiol de pólvora, que já está lhe custando muito caro, servindo de munição e escada auxiliar ao projeto fascista. Ser supertado por Simone Tebet será um dos seus castigos.

Neste domingo histórico, nossa voz de repúdio às violências, descaso, desrespeito aos nossos mortos e doentes, ao abandono do nosso povo e de nossas crianças, a cada árvore derrubada ou queimada na Amazônia ou no Cerrado, ecoará através da urna eletrônica, esta que também foi vítima da calúnia e do ódio, porque essa gente não quer, não aceita que o Brasil seja dos verdadeiros brasileiros, que saia de vez das mãos dos escravocratas, dos saqueadores, dos exploradores do povo e da Nação.

Chegou a hora do CHEGA! E quando a tela da urna exibir a plavra FIM, será como se cada um de nós, que amamos a democracia e lutamos contra a injustiça e a desigualdade, soltasse ao mesmo tempo o grito libertador e curativo, retirando dos nossos cansados ombros um terrível peso carregado nos últimos quatro anos!

É hora do CHEGA!

FIM!

*Francis Ivanovich é jornalista, cineasta, produtor cultural e confirma 13!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s