Manter-se mobilizado em defesa do governo Lula

Por Dema:

Os ataques ao Congresso, STF e ao Palácio, sedes dos poderes da República, mostram o que enfrentaremos durante a gestão do governo do Presidente Lula, uma oposição radicalizada, atuante nas redes sociais, com financiamento e disposição para fazer o enfrentamento de forma violenta onde o diálogo não tem espaço.


Em sua entrevista a Globo News, o Presidente Lula afirma que teve falha na segurança e que precisamos estar atentos para estes fatos.Verdade, este não é um inimigo comum, este é um inimigo com treinamento militar, articulados em células orgânicas em moto clubes, grupos de militares reformados, grupos de Zap e tantos outros.


Lula acerta ao dizer não a convocação da GLO (Garantia da Lei e da Ordem) que daria poderes ao militares, transformando-os em salvadores da pátria. Acerta também ao fazer a intervenção no DF, isolando e neutralizando os grupos orgânicos que atuavam naquele momento contra as instituições, a Democracia e, o governo recém empossado.

Não de menos, acertado ao buscar o diálogo com os militares mas, deixando claro que ele é o chefe das forças armadas e que, ninguém está proibido de fazer política, desde que se dispam da farda.

O momento não é para titubear nem recolher as armas sair das ruas ou evitar certos enfrentamentos. O bolsonarismo e o fascismo sofreram um duro golpe e só o tempo irá nos dizer qual o tamanho desta ferida, as eleições de 2024 será um bom momento para que se tenha noção.


Neste momento, nós militantes temos uma tarefa importantíssima a ser cumprida, é fundamental manter a organização fortalecendo os Comitês Populares de Lutas, os Núcleos de base, construir as células de Frente Ampla, ocupará praças, dialogar com a população aglutinando os vários setores da sociedade em defesa da Democracia.


Temos que construir uma forte mobilização popular com uma grande rede de capilaridade territorial, que fortaleça e de sustentação ao presidente Lula, isolando o bolsonarismo e criando as condições para derrotar o fascismo.
É hora de somar, fortalecer as aço nos territórios, construir umidade na ação.

Não é hora de dividir! É hora de unificar a nação, mais do que nunca é preciso estar atentos e fortes.

Dema é Secretário de Organização-PT Capital-RJ.


(Revisão: Nanci do Valle – Foto: reprodução Site PT)

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s